O verdadeiro impacto da BNCC do Ensino Médio
BNCC do Ensino Médio

Passar por processos pedagógicos seguindo as transformações da sociedade é uma das principais premissas da educação. Por isso, atravessar momentos de mudanças em que se acompanhe a evolução das pessoas é essencial para formar cidadãos íntegros e conscientes de seus papeis. Foi pensando nisso que foi formulada a nova BNCC do Ensino Médio (Base Nacional Comum Curricular).

A BNCC foi desenvolvida com o objetivo de transformar a educação em todo Brasil. É um documento que visa nortear o conteúdo ensinado nas escolas brasileiras, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Ela foi homologada em 2018, completando a Base Nacional Comum Curricular da Educação Básica, que já tinha as etapas da Educação Infantil e Ensino Fundamental homologadas desde dezembro de 2017.

Saiba quais são os principais destaques da BNCC do Ensino Médio

A BNCC do Ensino Médio homologada reflete diretamente nos sistemas de ensino e escolas de todo o país, que vão construir os novos currículos e todas as propostas pedagógicas, tendo em vista as características e culturas locais, bem como as necessidades de formação e as demandas dos alunos.

As áreas do Conhecimento da BNCC do Ensino Médio estão organizadas por áreas do Conhecimento,  que são:

– Linguagens e suas Tecnologias;

– Matemática e suas Tecnologias;

– Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

– Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Cada uma dessas áreas têm suas competências definidas que serão desenvolvidas e aprofundadas ao longo de todo o Ensino Médio. Aliás, o desenvolvimento de algumas delas já está previsto nas competências de áreas do Ensino Fundamental.

Sendo assim, para a grade curricular; com exceção das três disciplinas obrigatórias em todos os períodos do Ensino Médio, as demais áreas de conhecimento que formam a grade poderão ser distribuídas conforme o entendimento do aluno e da escola. Assim, elas podem ser estudadas em um único ano, em dois ou três anos, trazendo autonomia para os estudantes.

Sobre os itinerários formativos

Com a Reforma do Ensino Médio, o currículo passou a contar com cinco itinerários formativos que deverão ser oferecidos para os alunos e serão organizados por meio da oferta de diferentes arranjos curriculares.

Isso pode variar conforme a relevância para o contexto local e  também para a possibilidade dos sistemas de ensino. Mas é essencial que as propostas pedagógicas devam expressar as finalidades do Ensino Médio tanto quanto as demandas da qualidade dessa formação, atendendo às expectativas dos jovens.

Desta forma, a BNCC do Ensino Médio contará com 1800 horas e os itinerários formativos contarão com o somatório de 1200 horas. Os referenciais para a elaboração dos itinerários são organizados em eixos estruturantes: empreendedorismo, mediação e intervenção sociocultural, processos criativos e investigação científica.

Foco no protagonismo do estudante

Na BNCC do Ensino Médio, as escolas precisam apresentar aos jovens o mundo como uma campo aberto para intervenção e para investigação. Ele tem como objetivo colocar o jovem como protagonismo do seu estudo e colocá-los a assumir responsabilidades que vão ajudá-lo a equilibrar e resolver questões que foram deixadas pelas gerações anteriores. Isso vai valorizar o que foi feito até agora e abrir muitas possibilidades para o novo.

Mas tudo isso só acontece com a promoção da educação integral, preparando o jovem para o trabalho e na construção de uma sociedade mais inclusiva, democrática e justa, abordando os aspectos físicos, cognitivos e socioemocionais.

Outra ponto abordado na BNCC do Ensino Médio é a preparação para o mercado de trabalho. Hoje o cenário que temos é muito mais dinâmico e complexo e, com isso, o futuro profissional e as relações sociais se tornam um grande desafio para os educadores.

A formação de jovens autônomos, críticos e prontos para tomar decisões de forma consciente e responsável é um desafio necessário. Não promover o jovem apenas como “adultos em formação” e sim como seres capazes, dinâmicos e que podem fazer muita diferença na sociedade e seu rumo.

E como vai ficar o ENEM?

É uma importante questão. Com esta reforma e a homologação da BNCC, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) também sofrerá mudanças. A prova será dividida em duas avaliações, sendo:

– Primeiro dia: Prova Geral com os conteúdos exigidos pela BNCC, ou seja, material que todos os alunos do Ensino Médio deverão aprender.

– Segundo dia: Prova Específica com os conteúdos de cada itinerário formativo escolhido pelo aluno, de acordo com a área exigida pelo curso superior.

Por fim…

Com a BNCC da Educação Básica completa, as escolas de todo o país já começaram a implementar a nova grade curricular. Muitas escolas já iniciaram o processo em 2020/2021, assim, em 2023, todos os alunos que concluírem o Ensino Médio já poderão iniciar as etapas de aprovação em vestibular com as provas já adequadas ao novo modelo.

Neste link é possível conferir a apresentação da BNCC do Ensino Médio e entender mais!

Leia mais

Como estudar para os vestibulares com provas anteriores

Métodos de estudos que melhoram o aprendizado

Gostou? compartilha.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais posts relacionados.

Descubra como melhorar sua interpretação de texto

Uma boa interpretação de texto já é um grande passo para se dar bem nas provas. Confira 10 dicas para melhorar a sua interpretação!

Novo Enem e novo ensino médio: o que realmente muda?

O projeto para um novo Enem foi aprovado, e 2024 promete grandes mudanças para o principal exame do país. Saiba mais no blog!

O verdadeiro impacto da BNCC do Ensino Médio

Passar por processos pedagógicos seguindo as transformações da sociedade é uma das principais premissas da educação. Por isso, atravessar momentos de mudanças em que se acompanhe a evolução das pessoas...

Como decorar fórmulas de física com truques simples

Uma das grandes preocupações em meio a provas e exames de vestibulares são as fórmulas de física. Não tem jeito: é preciso decorar as inúmeras letras e símbolos que envolvem...

5 passos para aumentar o vocabulário para as provas

É bastante normal que, ao longo da nossa vida, absorvamos cada vez mais palavras e, consequentemente, passemos a ter a possibilidade de formarmos novas frases, ampliando o leque de termos...

As melhores apostas para tema de redação em 2022

A pergunta que não quer calar: quais serão os temas das redações do ENEM e dos principais vestibulares de 2022? Confira no artigo algumas apostas.