Saúde mental na escola: como lidar com as exigências e a pressão do Ensino Médio
Saúde mental na escola

O ingresso no Ensino Médio marca uma nova e importante etapa na vida do aluno por se tratar de um período que envolve escolhas e tomadas de decisões importantes e com forte interferência no futuro. Somado a isso, uma nova jornada de estudos passa a fazer parte da vida do estudante que exige muita dedicação e capacidade de driblar a pressão. Nesse sentido, é extremamente importante uma atenção especial à saúde mental na escola e fora dela, para que este processo aconteça da maneira mais natural possível.

Tudo que você ouviu e falou ao longo dos anos sobre carreira profissional, vestibular e em qual curso ingressar começam ganhar forma a partir de agora, portanto, é mais do que normal que você fique apreensivo e precisando lidar com vários sentimentos. Mas, para aproveitar ao máximo essa fase escolar, é importante saber contornar a ansiedade.

Todo o conhecimento é mais aprofundado no Ensino Médio e você também aprenderá a exercer o seu papel de cidadão na sociedade, se preparando para encarar processos seletivos como o Enem e os vestibulares das universidades públicas. Além disso, é neste período que a decisão de escolher a profissão a seguir começa a se concretizar, uma vez que terá uma visão mais ampla do mercado de trabalho.

Portanto, é mais do que normal dedicar uma atenção especial à saúde mental e contar com o apoio da família e do colégio para esta nova fase escolar.

A importância de manter a saúde mental em dia

A OMS (Organização Mundial de Saúde) define o conceito de saúde como o bem-estar físico, mental e social, proporcionando um estado de equilíbrio biopsicossocial e não apenas a ausência de doença ou enfermidade.

Portanto, a saúde mental corresponde ao bem-estar psicológico e não somente a ausência de transtornos mentais. O bem-estar psicológico é estar bem consigo mesmo e com os outros, aceitar as exigências da vida, saber lidar com as emoções, reconhecer limites e, quando necessário, buscar ajuda.

Quando a pessoa está com uma boa saúde mental, ela é capaz de usar suas próprias habilidades, ir atrás dos seus objetivos, lidar com o estresse diário, ser produtivo e ainda contribuir com a sua comunidade.

A saúde mental está totalmente relacionada à forma como os pensamentos, os sentimentos e os comportamentos influenciam a vida de um indivíduo, segundo a APA (Associação de Psicologia Americana). Quando uma pessoa está bem consigo mesma, ela consegue ter um bom relacionamento com os outros.

Algumas características da saúde mental:

  • Ter um bom controle emocional diante de adversidades, buscando estabilidade na vida;
  • Contribuir com a comunidade por meio de trabalho, estudos, cuidado com familiares ou pessoas em situação de fragilidade;
  • Capacidade para definir metas e buscar alcança-las;
  • Habilidade para definir estratégias de enfretamento de dificuldades;
  • Manter relacionamentos saudáveis;
  • Apresentar uma boa comunicação.

A saúde mental tem um impacto bastante expressivo na nossa vida e merece atenção e cuidado tanto quanto a saúde física.

Saúde mental na escola

Todos estamos suscetíveis a ter um desequilíbrio mental, inclusive crianças e adolescentes, portanto, trabalhar a saúde mental na escola é uma forma e propaga-la e também de prevenir transtornos mentais.

O transtorno mental pode comprometer a atenção na vida escolar e interferir no rendimento acadêmico, contribuir para a evasão escolar e até o envolvimento com problemas legais. Segundo a OMS, as condições de saúde mental são responsáveis por 16% da carga global de doenças e lesões em pessoas com idade entre 10 e 19 anos.

Metade de todas as condições de saúde mental começam aos 14 anos, mas a maioria dos casos não é detectada, nem tratada. Em todo o mundo, a depressão é uma das principais causas de doença e incapacidade entre adolescentes.

De acordo com a OMS, as consequências de não abordar as condições de saúde mental dos adolescentes se estendem à idade adulta, prejudicando a saúde física e mental limitando futuras oportunidades.

Apesar de o diagnóstico e tratamento para transtornos mentais serem prescritos por médicos, a sociedade deve se preocupar em prevenir esses quadros clínicos e promover a saúde mental. Portanto, a escola tem um papel importante na prevenção e na promoção da saúde mental dos alunos e da comunidade escolar.

Driblando a pressão e prevenindo a saúde mental na escola

Para lidar com a pressão e prevenir a saúde mental, o aluno precisa ter acesso à informação que permitirá uma maior autonomia, oferecendo empoderamento sobre suas vidas.

O desenvolvimento de aptidões e capacidades individuais promovidos pela educação são aliados na promoção e na prevenção da saúde. Quando o aluno se sente preparado e acolhido, reconhecendo sua autonomia e capacidade em lidar com os desafios e problemas, ele aprende a controlar a pressão.

Por isso, é essencial contar com um colégio que promova e incentive o aluno como um indivíduo único, que aprende a lidar com os problemas e os desafios, através de suas habilidades e capacidades. Ao mesmo tempo, toda a comunidade escolar oferece suporte para que este aluno reconheça suas aptidões e aprenda a usá-las ao seu favor.

Aqui no Colégio Córtex, os alunos contam com suporte emocional, em um ambiente totalmente humanizado e disciplinado, com atendimento privativo aos alunos por meio do programa SER (Suporte Emocional e Reconhecimento).

Quando estamos próximos dos alunos deixamos o canal aberto para o diálogo – tão importante para o Ensino Médio – e, com isso, conseguimos captar as necessidades individuais de cada estudante que, em outras circunstâncias, certamente passariam despercebidas.

Nosso método de ensino também auxilia na superação dos obstáculos, com um Ensino Médio que prepara desde o início para o vestibular. Entendemos que cada aluno tem um objetivo e uma trajetória a ser seguida e estar atento a estes desafios para fomentar o potencial de cada um é o principal objetivo do corpo docente da escola.

Conheça o Colégio Córtex. Somos um dos colégios que oferecem um dos melhores materiais de ensino do país, com diferenciais que incluem ensino humanizado e foco nos vestibulares ao longo de todo o ensino médio.

Gostou? compartilha.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais posts relacionados.

Como melhorar o foco nos estudos para vestibulares e Enem

Quem presta vestibular ou Enem sempre busca resposta para a seguinte pergunta: como melhorar o foco? Afinal, sabemos o quanto é desafiador encarar uma rotina de estudos que, de fato,...

Como funciona o SiSU? Entenda o passo a passo

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) do Brasil. Ele foi estabelecido como uma plataforma informatizada para unificar o processo de seleção de candidatos...

Quantas horas de estudo por dia são necessárias para passar no vestibular? Descubra!

Planejamento e organização são fundamentais para você não perder horas de estudo e ter baixo rendimento durante o preparo para o vestibular.

É possível passar no vestibular apenas com o Ensino Médio? Descubra!

Passar no vestibular está entre os principais desafios da vida escolar de um aluno e, muitas vezes, ele acredita que só terá sucesso nessa etapa se fizer um cursinho preparatório...

Como ler mais rápido: torne a sua leitura muito mais dinâmica

O tempo é um dos grandes vilões quando o assunto é Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e vestibulares, justamente porque os alunos precisam correr contra ele para conseguir responder...

O que é treineiro? Vale a pena se preparar desde o 1º do EM?

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é a porta de entrada para diversas universidades do país, portanto, milhões de candidatos se preparam ao longo dos anos para conseguir uma...