SiSU e ProUni: tudo o que você precisa saber a respeito
Sisu e Prouni

Para quem está no último ano do ensino médio, já faz parte da rotina pensar no próximo passo: a graduação. De uns anos para cá, o acesso à faculdade tem se tornado mais amplo com a expansão do ensino superior no Brasil, muito disso se deve à criação de programas federais como o SiSU e o ProUni, que dão a oportunidades para que estudantes brasileiros consigam entrar em universidades públicas e privadas.

Segundo o Censo da Educação Superior 2020, realizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), existem 2.457 instituições de educação superior no Brasil. Dessas, uma maioria de 2.153 (87,6%) é privada, enquanto que as 304 (12,4%) restantes são públicas.

O que o SiSU e o ProUni têm em comum?

Antes de falarmos mais a respeito do SiSU e do ProUni, é importante entender o que eles têm em comum.

  • Ambos são programas do Governo Federal.
  • Foram criados para ampliar e facilitar o acesso ao ensino superior no Brasil.
  • Todos os estudantes das regiões brasileiras podem se beneficiar dos programas.
  • As inscrições são gratuitas e acontecem duas vezes por ano – no primeiro e no segundo semestre.
  • Os estudantes passam por processos seletivos.
  • Usam a nota do Enem como critério para classificar os candidatos.
  • Para participar é preciso ter um desempenho mínimo no Enem.
  • São processos automatizados, portanto, a inscrição é feita pela internet.

Como pode ver, os programas têm muitas semelhanças, por isso, é mais do que normal as pessoas se confundirem entre um e outro. Vamos explicar mais sobre cada um.

Entendendo o SiSU

O SiSU (Sistema de Seleção Unificada) é um programa do Governo Federal que funciona duas vezes ao ano, sendo uma vez por semestre. As inscrições acontecem nos meses de janeiro e junho.

O sistema tem o objetivo de selecionar estudantes para o ensino superior em universidades públicas de todo o Brasil. É exclusivo para participantes do último Enem que não zeraram na redação.

Um dos diferenciais do SiSU é que ele substitui o vestibular tradicional em muitas instituições públicas brasileiras, enquanto outras reservam uma parte de suas vagas para este processo seletivo. É importante destacar que cada curso exige uma nota mínima do Enem. É possível consulta-la no momento da inscrição.

Para participar…

Na hora da inscrição o candidato escolhe duas opções de curso entre as vagas disponíveis. O sistema é responsável por preencher automaticamente as vagas, em ordem decrescente de nota do Enem, ou seja, entram primeiro aqueles que possuem a nota mais alta.

Os que forem selecionados levam os documentos para a matrícula presencial na faculdade escolhida.

Entendendo o ProUni

O ProUni (Programa Universidade para Todos) oferece bolsas de estudo integrais ou parciais para estudantes que estejam matriculados ou não no ensino superior, mas que participaram do Enem. As bolsas são para instituições privadas.

Para participar…

O programa exige uma média mínima de 450 pontos em provas objetivas e nota maior do que zero na redação do último Enem. A renda bruta mensal da família deve ser de, no máximo, três salários mínimos por pessoa. Além disso, o candidato deve ainda ter feito o ensino médio em escola pública ou em escola privada como bolsista integral.

As bolsas integrais são oferecidas para candidatos com renda familiar per capita mensal de até um salário mínimo e meio. Já a bolsa parcial é destinada para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos, que contarão com desconto de 50% na mensalidade.

A avaliação é feita pelo MEC (Ministério da Educação) com base nas informações prestadas pelos candidatos. Os participantes com as melhores notas no Enem e que também obedecem aos critérios de escolaridade e renda exigidos são os selecionados. As convocações são feitas com base no número de bolsas ofertadas pelas instituições de ensino.

Qual programa escolher?

Você deve estar se perguntando se deve optar pelo SiSU ou pelo ProUni, não é mesmo?

O primeiro passo é avaliar as suas condições financeiras e o seu desempenho no Enem. As inscrições para os programas são feitas em uma sequência lógica pelo Governo Federal, de forma que propiciam a oportunidade de o estudante tentar uma vaga na universidade pública por meio do SiSU.

Caso não consiga e cumpra os requisitos exigidos pelo ProUni, ele pode tentar uma bolsa integral ou parcial em uma instituição privada.

O mais importante, neste caso, fica por conta do desempenho do Enem. Em ambos os programas a boa pontuação no exame se torna fator decisivo para garantir uma boa colocação nos processos seletivos tanto do SiSU quanto do ProUni.

Por isso, é fundamental realizar o ensino médio em uma instituição que oferece estrutura e recursos necessários para que um aluno tenha um bom desempenho no Enem.

O Colégio Córtex entende a importância do exame que já garantiu milhões de oportunidades para alunos de todo o Brasil, e é por isso que nossa estrutura é toda voltada para oferecer o máximo de conforto e desempenho para os nossos alunos.

O sucesso do estudante é a nossa prioridade e, por conta disso, temos resultados tão expressivos. Contamos com centenas de ex-alunos garantidos nas principais universidades do país graças ao apoio de uma equipe gabaritada, além de uma grade curricular completa, materiais modernos e um sistema de ensino de qualidade.

Vestibular: estudante do Córtex é aprovado em Medicina na USP

Conheça o Colégio Córtex. Somos um dos colégios que oferecem um dos melhores materiais de ensino do país, com diferenciais que incluem ensino humanizado e foco nos vestibulares ao longo de todo o ensino médio.

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de acessar o blog e ficar por dentro de todas as novidades do ensino médio.

Gostou? compartilha.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais posts relacionados.

Como melhorar o foco nos estudos para vestibulares e Enem

Quem presta vestibular ou Enem sempre busca resposta para a seguinte pergunta: como melhorar o foco? Afinal, sabemos o quanto é desafiador encarar uma rotina de estudos que, de fato,...

Como funciona o SiSU? Entenda o passo a passo

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) do Brasil. Ele foi estabelecido como uma plataforma informatizada para unificar o processo de seleção de candidatos...

Quantas horas de estudo por dia são necessárias para passar no vestibular? Descubra!

Planejamento e organização são fundamentais para você não perder horas de estudo e ter baixo rendimento durante o preparo para o vestibular.

É possível passar no vestibular apenas com o Ensino Médio? Descubra!

Passar no vestibular está entre os principais desafios da vida escolar de um aluno e, muitas vezes, ele acredita que só terá sucesso nessa etapa se fizer um cursinho preparatório...

Como ler mais rápido: torne a sua leitura muito mais dinâmica

O tempo é um dos grandes vilões quando o assunto é Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e vestibulares, justamente porque os alunos precisam correr contra ele para conseguir responder...

O que é treineiro? Vale a pena se preparar desde o 1º do EM?

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é a porta de entrada para diversas universidades do país, portanto, milhões de candidatos se preparam ao longo dos anos para conseguir uma...